quarta-feira, 27 de julho de 2011

Batata ao molho de queijo

A pedidos da Cristiane, fisioterapeuta e professora de Pilates na Corpore Fisioterapia Especializada aqui de Santa Maria-RS, vamos postar essa batata que fica muito saborosa, é fácil de fazer e acompanha vários pratos de carne. Vai uma provinha?
Ingredientes: 1 quilo de batatas, 1 embalagem de creme de leite, 1 envelope de creme de queijo, 1/2 copo de requeijão, 3 colheres de sopa de queijo muçarela ralada, 1 copo de leite, noz moscada a gosto (opcional) e queijo parmesão ralado e azeite de oliva.
Modo de fazer: Cozinhe as batatas com sal, sem deixar amolecer, e corte em rodelas, reserve. Bata no liquidificador o restante dos ingredientes, exceto o queijo parmesão e o azeite, e leve ao fogo até engrossar. Em um pirex, espalhe um pouco do molho, cubra com as batatas, creme, batatas, creme, salpique com queijo parmesão, regue com azeite de oliva e leve ao forno para gratinar. Sirva quente.

domingo, 17 de julho de 2011

Pudim de pão da Angela (ora, pitangas!!!)

Ao ver esse postagem da Angela, fiquei (o Jotta) com vontade de experimentar a receita. Pudim de pão não parece ser uma sobremesa tão boa para alguns, mas, nesse caso sua opinião pode mudar. Experimentamos e não nos arrependemos. O único problema foi que tínhamos muito pão dormido, assim, rendeu dois pudins de bom tamanho. Fizemos uma única modificação Angela, usamos leite condensado no lugar do açúcar.
Ingredientes:
1 litro de leite integral; 4 ou 5 pães de 30 g (pão francês amanhecido), usamos 6 pães; 2 colheres de manteiga; 3 xícaras de açúcar, usamos 1 lata de leite condensado; 4 ovos; 3 colheres sopa de farinha de trigo; 1 colher de chá de fermento em pó; canela, noz moscada, baunilha, cravo em pó, a seu gosto, usamos apenas baunilha.

Modo de fazer:
Fatiar e deixar os pães de molho em 3 xícaras de leite, por pelo menos 1 hora, deixamos os pães no litro inteiro. Bater bem no liquidificador os ovos, com o leite restante e as especiarias, juntar o açúcar ou o leite condensado e os pães demolhados, bater e por último juntar a farinha e o fermento. Caramelizar uma forma de buraco e despejar a massa, nesta hora, se desejar junte as frutas ou uvas passas. Assar em banho maria, forno médio por 45 min ou até fazer o teste do palito.


Obs: usamos passas em um pudim, o qual ficou bem mais saboroso que o outro sem passas.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Caldo verde do Patareli

Receita aprendida com o nosso amigo Augusto Patareli, quando moramos em Brasília, e que cai muito bem no "friozinho" aqui de Santa Maria. O Patareli tem um ritual mais elaborado para preparar, a Rosley fez as suas adaptações por comodidade e como não anotou a receita dele passo a passo, faz do modo que vai se lembrando.
Ingredientes:
1 quilo de batata, 1 maço de couve, 200 gr de linguiça calabresa, 2 peças de paio, 1 cebola, 2 dentes de alho, 1 xícara de leite, sal e pimenta a gosto.
Modo de fazer:
Cozinhe as batatas descascadas numa panela com água e sal, lave e corte a couve bem fininha. Em outra panela refogue no azeite de oliva a cebola picada, o alho amassado, junte a linguiça e o paio, reserve. Bata no liquidificador a batata cozida com a água do cozimento, junte 1 xícara de leite e 2 folhas de couve, depois acrescente esta mistura do liquidificador no refogado de cebola e linguiça, leve ao fogo para engrossar o caldo e junte a couve picada. Sirva com salsinha picada, queijo ralado e torradinhas.

domingo, 10 de julho de 2011

Tapioca do Dr Cristiano

(as fotos não ficaram muito boas, acima, uma tapioca de queijo e outra de doce de leite)

Aqui no sul é muito difícil encontrar a massa de tapioca. Meus filhos e o Jotta, como bons nordestinos, adoram tapioca de coco com leite condensado, queijo ou de qualquer outro recheio. O Dr. Cristiano, meu dentista, (pernambucano e que também mora aqui em Santa Maria), me passou esta receita com polvilho doce que não tem erro. Esta postagem é em homenagem a ele pelo seu aniversário, que foi na sexta-feira, dia 08 de julho passado.
(momento em que o polvilho está sendo assado na frigideira)
Ingredientes:
500 gramas de polvilho doce, 1 litro de água, sal
Modo de fazer:
Deixe de molho por, no mínimo, 2 horas, o polvilho mergulhado no litro de água, após escorra e ponha ao sol para secar a massa, passe na peneira tempere com sal e utilize. Espalhe porções da farinha em uma frigideira aquecida, aguarde alguns instantes enquanto a tapioca se une e recheie a gosto, pode ser doce ou salgada.
Obs: não passo óleo na frigideira, mas pode usar, inclusive manteiga.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Quando o inverno chegar...

(termômetro "plantado" num vaso na nossa varanda)

Aqui no sul o inverno chegou com tudo que tem direito. Aqui em Santa Maria, centro do estado, só não tem neve, pelo menos por enquanto... Mas, geada e temperaturas próximas de zero grau tem sido uma constante, como atestam as fotos tiradas no domingo passado às 8 horas da manhã.
(geada no gramado em frente ao nosso apartamento)
Como bom pernambucano e devidamente adaptado ao clima, enfrento o frio com tranquilidade. Sabendo que reclamar não adianta, procuro me agasalhar e aproveitar as coisas boas da época. Uma delas é a lareira...
Agradeço a Deus por poder desfrutar desse conforto e pela oportunidade de me sensibilizar com a dificuldade das pessoas menos favorecidas. Na medida do possível procuramos colaborar na melhoria das condições dos mesmos por intermédio da doação de roupas na igreja e das campanhas de agasalho.
Assim, vamos aproveitar o inverno fazendo sopas, fondues, chocolates quentes, etc e praticando o amor ao próximo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...