domingo, 27 de fevereiro de 2011

Bisteca suína ao molho balsâmico

Aqui em Santa Maria existe uma TV local, o site só proporciona assistir à programação ao vivo. Assistindo nele ao programa "Gastronomia com Caco Pereira", a Rosley viu esse molho e lembrou de um bem parecido que ela fazia anteriormente. Como tínhamos algumas bistecas, ela resolveu usar a ideia e elas ficaram muito saborosas. Faça assim:

Tempere 06 bistecas suínas, com sal, pimenta do reino, cominho, limão e alho a gosto. Leve uma panela ao fogo com 3 colheres de sopa de azeite e doure as bistecas até ficarem bem cozidas. Tire as bistecas da panela e reserve. No tempero que ficou acrescente: 3 colheres de sopa de mostarda, 3 colheres de sopa de azeite de oliva e 2 colheres de sopa de mel. Misture bem até que o mel, o azeite e a mostarda se incorporem. A seguir junte meio cálice de aceto balsâmico e mexa até ficar um molho bem encorpado. Espalhe o molho em cima das bistecas e sirva com arroz e salada verde (que também pode ser temperada com este mesmo molho sem ser levado ao fogo), salpique a salada com amêndoas, castanhas e nozes.

Obs: pesquisando na internet vi que o Caco Pereira tem um blog desatualizado mas com várias receitas interessantes.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Bolinho fofo de cenoura

Quem nos visita deve estar notando nossa demora para fazer novas postagens, existe uma justificativa: estamos em plena reforma de um apartamento, e em breve, se Deus quiser, estaremos nos mudando. Enquanto isso...

Depois do bolo "toalha felpuda" a Rosley queria fazer um bolo de cenoura, mas que ficasse fofinho que nem o "toalha". Assim, resolveu utilizar os mesmos ingredientes do bolo de cenoura de liquidificador do Grande Livro de Receitas de Claudia, mas a forma de fazer foi bem diferente. Dá um pouco mais de trabalho, mas vale a pena. Vamos a ele:
Ingredientes:
3 cenouras pequenas picadas; 4 ovos (gema e claras separadas); 1 xícara de óleo; 2 xícaras de açúcar; 3 xícaras de farinha de trigo; 1 colher de sopa de fermento químico em pó; 1 pitada de sal.
Modo de fazer:
Bater a cenoura e o óleo no liquidificador, reservar. Bater as gemas e o açúcar na batedeira até ficar um creme esbranquiçado, juntar a cenoura e o óleo já batidos, acrescentar, batendo aos poucos, a farinha de trigo, o sal e por último, o fermento. Bater as claras em neve e misturar delicadamente com uma espátula. Colocar em forma untada e enfarinhada ou em forminhas e levar ao forno pré-aquecido, temperatura média por, aproximadamente, 35 minutos até dourar ou até que enfiando um palito este saia limpo.
Cobertura de chocolate opcional:
Em uma panela misturar 200 gr de chocolate meio amargo picado, 1 caixinha de creme de leite, 1 pitada de cravo, de canela, de noz-moscada e de pimenta do reino moída. Levar tudo ao fogo até derreter o chocolate.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Bolo toalha felpuda

Bolo retirado do velho caderno de receitas da Rosley. Esse faz sucesso aqui em casa. A Rosley pegou a receita com a minha falecida mãe que, originalmente, só usava leite de coco e acrescentou essência de baunilha. O que já era bom, ficou melhor! Só que dessa vez, colocamos fava de baunilha (nossa primeira receita com ela!), o resultado? Excelente!
O nome "toalha felpuda" vem da maciez do referido bolo que, por incrível que pareça, não leva "amaciante" de nenhum tipo, rsrsrs... Meu pai quando queria "inticar" com mamãe chamava esse bolo de "estopa"... Vamos a ele:
Ingredientes:
4 ovos (gema e clara separados); 150 gr de manteiga (temperatura ambiente); 2 xícaras de açúcar; sementes de 1/2 fava de baunilha; 3 xícaras de farinha de trigo; 1 colher de sopa de fermento em pó químico; 1 vidro pequeno de leite de coco; 1/2 xícara de leite de vaca.
Modo de fazer:
Bata a manteiga com o açúcar e as gemas na batedeira até ficar um creme esbranquiçado. Misture a baunilha. Aos poucos junte o trigo, o leite de coco e o leite de vaca alternadamente, por último acrescente o fermento. Se gostar, misture passas à massa nesse momento. Bata as claras em neve e incorpore delicadamente. Coloque em forma untada e enfarinhada e leve ao forno médio pré-aquecido por, aproximadamente, 40 minutos ou até que enfiando um palito, este saia limpo.
Obs:
Voltando a postar receitas porque a Carminha do gostoso "Fazer gourmet", antigo "Bon appétit", já andou reclamando, com razão...

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Potes da Sanremo

Ontem chegaram os potes que nós ganhamos da Sanremo na promoção realizada pela Danieli do gostoso blog "Nossa Cozinha". Sem trocadilho, nossa cozinha, que já era florida, ficou muito mais alegre! E nós também! São potes de excelente qualidade e que nos serão muito úteis.
Agradecemos a iniciativa da Danieli e aguardamos novas promoções e sorteios.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Extrato de baunilha

Acredito que a primeira vez que vi um extrato de baunilha caseiro foi no Panelaterapia. De lá pra cá resolvi que faria também, pois em outros blogs só vi elogios em relação ao uso do mesmo. Primeiro adquirimos as favas e a vodka. Agora é só esperar os dois ou três meses para iniciar o uso.
Segui a receita do Chocolatria, que é a mesma do Panelaterapia e do Cinara's Place, só que dobrei as quantidades: usei 500 ml de Vodka Absolut; 4 favas de baunilha; um vidro limpo com a capacidade necessária. Abri as favas com uma faca afiada, coloquei no vidro, adicionei a vodka e lacrei com filme plástico. Coloquei a data numa etiqueta e guardei em local escuro. De vez em quando dou uma olhada e uma sacudida. Daqui a alguns meses mostrarei o resultado, se Deus permitir!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Peras ao molho de vinho tinto

A autora dessa linda e deliciosa sobremesa é a Marta Farias. Fazem uns seis meses que nós nos deliciamos com ela. Desde aquela data, por incrível que pareça, tentávamos conseguir a receita, e nada feito. Até que no fim de semana passado a Rosley conseguiu copiar. Valeu a pena esperar!
Ingredientes:
1 litro de vinho tinto doce; 2 xícaras de açúcar; 6 peras.
Modo de fazer:
Descasque as peras e deixe o talo, cavoque o umbigo da pera para absorver a calda. Misture o vinho com o açúcar e leve ao fogo até começar e levantar fervura, junte as peras e cozinhe até que fiquem macias mas não muito moles. Tire as peras da calda e escorra. Com a calda de vinho que sobrou leve novamente ao fogo até reduzir, use esta calda para decorar o prato e o sorvete que acompanha esta deliciosa sobremesa.
Obs:
As peras deverão ficar mergulhadas na calda, assim, é importante escolher uma panela cujo tamanho permita isso e na qual, elas também fiquem juntas e "em pé". As quantidades dos ingredientes podem ser alteradas para cumprir a observação anterior.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...