quinta-feira, 29 de abril de 2010

Canjica (curau) da D. Mandinha
















Pra quem não conheceu, essa é a minha mãe. No dia 15 de março, Deus a chamou para iluminar o céu com seu sorriso e simpatia. Ela nos deixou inúmeras lembranças boas e nos ensinou muita coisa. A Rosley aprendeu a fazer essa canjica (para os pernambucanos) ou curau com ela.
Modo de fazer:
Pegar 5 espigas de milho (usar o mais maduro, mais amarelinho), tirar o milho das espigas, passar no liquidificador com leite de coco ralo. Para isso, antes tem que pegar um coco seco, retirar a polpa e passar no liquidificador com um pouco de água, fica um leite de coco bem espesso, retirar um pouco e misturar água para usar no liquidificador. Passar o milho na peneira e usar apenas o líquido, que deverá ser levado ao fogo com uma xícara de café de chá de erva-doce bem forte. Acrescentar uma pitada de sal e cozinhar até começar a engrossar, nessa hora juntar uma xícara de leite de coco, uma colher de sopa de manteiga, uma xícara de açúcar e cozinhar até engrossar novamente (enruga no meio). Colocar em cumbucas para esfriar, polvilhar com canela e aproveitar. Fica tão consistente que dá para cortar, daí a necessidade do milho estar bem maduro.
Uma pequena homenagem a uma grande mulher, pequena na altura, mas com um coração enorme que era só amor!

domingo, 25 de abril de 2010

Punheta de bacalhau


A primeira vez que comemos este prato foi em Brasília no "Bar do Mercado Municipal". De lá para cá, a Rosley vem aperfeiçoando o referido petisco.
Ingredientes:
300 gr de bacalhau dessalgado e desfiado; 1 cebola picadinha; 1 dente de alho amassado; uma pitada de pimenta-do-reino; coentro e salsa picadinhos; azeite de oliva.
Modo de fazer:
Misture tudo e regue com bastante azeite de oliva de boa qualidade. Fica melhor se for feito de véspera e guardado na geladeira.
Acompanhada com pão francês (cacetinho para os gaúchos) ou torradas fica uma delícia!

sábado, 24 de abril de 2010

Salmão acebolado











Já comi muito salmão, inclusive em estabelecimentos "especializados" em frutos do mar. Fora de casa me arrependi de ter pedido o tal peixe, chegou seco e esturricado. A Rosley faz este salmão que fica no ponto. Cozido porém úmido e saboroso. Vejam como é simples:
Ingredientes:
1 salmão (pode ser inteiro, sem cabeça, sem espinha e aberto ao meio-mais barato- ou o filé)
Limão, sal, mostarda Dijon e ervas finas
Cebola, o suficiente para cobrir o salmão
Modo de fazer:
Tempere o salmão, coloque numa assadeira coberta com papel-alumínio, cubra com cebola, depois cubra a assadeira com papel-manteiga e papel-alumínio. Leve ao forno médio por cerca de meia-hora. Abra e sirva.
Esse aí foi degustado pelo Robinson, Arlete, Rafael e Runnie. Nos reunimos no feriado de 21 de abril e, além dele, comemos uma "punheta de bacalhau", salada e filé de panga grelhado. Nos próximos "posts" colocaremos as receitas.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Pão recheado para lanche























Temos esta receita há muito tempo. A massa é bem rica e nutritiva. Ao mesmo tempo é simples e saborosa. Fizemos no domingo para o lanche. Nos acompanharam a Rafaelle, o Alcemar, a Odara, o Augusto e o Ruggiero. Acho que gostaram! Vamos a ela!
Ingredientes:
4 ovos; 3 xícaras de leite morno; 200 gramas de manteiga; 1/2 xícara de açúcar; 1 colher de sopa de sal; 3 sachês de fermento biológico seco; aproximadamente 1 e 1/2 kg de farinha de trigo.
Modo de fazer:
Bata no liquidificador os ovos, o leite e a manteiga. Numa tigela grande coloque cerca de 1/2 kg de farinha de trigo misturado aos demais ingredientes secos. Junte aos poucos o líquido até virar uma papa. Comece a acrescentar a farinha e vá sovando até soltar das mãos e ficar uma massa elástica. Coloque a massa numa tigela, cubra com papel filme e uma toalha, deixe crescer até dobrar de volume. Divida a massa em, pelo menos, quatro pedaços e abra com o rolo. Recheie a gosto, ponha em formas untadas, pincele com 2 gemas misturadas com 1 colher de sopa de shoyu, 1 colher de sopa de azeite de oliva e uma pitada de pimenta-do-reino e leve ao forno pré-aquecido (210° C). A massa pode ser dividida em pedaços menores para fazer pãezinhos para lanche.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Filé de linguado ao molho de alcaparras

Aproveitamos que esse filé de linguado estava bonito e resolvemos comprar e fazer.

A Rosley utilizou 1 kg de filé de linguado temperado com o Tempero Mix (post anterior), acrescido de limão, mostarda Dijon e pimenta do reino. Usou farinha de trigo para empanar e grelhou.
Para o molho, picou uma cebola e levou à frigideira com uma colher de sopa de azeite de oliva. Fritou bem e acrescentou uma colher de sopa de alcaparras. Para finalizar juntou uma colher de café de farinha de trigo, uma caixinha de creme de leite, meia xícara de leite, deixou cozinhar e engrossar e juntou uma colher de sopa de coentro fresco.

Para acompanhar aproveitou sobras de arroz e fez uns bolinhos. Para isso juntou leite, ovos, farinha de trigo e Tempero Mix. As quantidades deixam de ser lançadas pois dependem do que sobrar de arroz, o importante é a consistência cremosa que fica a fim de serem colocados em colher para fritar. Tanto o peixe como os bolinhos ficaram deliciosos!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Sorteio da Carina

Aí pessoal, visitem o blog "Na Cozinha da Carina" e participem do sorteio que ela está promovendo:
Vale a pena dar uma passada por lá!

Frango Napolitano












Esta receita é fácil e prática. Como podem ver pelas fotos, foi feita para uma grande quantidade de pessoas. Quem compareceu ao almoço comunitário da Igreja Metodista Central de Santa Maria pôde provar e comprovar.
Ingredientes:
Pedaços de frango (coxa, sobrecoxa e peito) temperados com o Tempero Mix (post anterior); batata com casca, cebola, tomate e pimentão vermelho e amarelo cortados em pedaços grandes; azeite de oliva; orégano; queijo parmesão ralado.
Modo de fazer:
Colocar os pedaços de frango em uma assadeira e por cima os demais ingredientes, exceto o queijo ralado. Regar com azeite de oliva e polvilhar orégano. Levar ao forno médio até dourar. Ao retirar, polvilhar com o queijo parmesão e servir.

sábado, 10 de abril de 2010

Tempero Mix




Este tempero é utilizado por nós há algum tempo. Nós o vimos num programa do Globo Repórter. Devidamente adaptado pela Rosley, serve para dar sabor a carnes, legumes e o que mais a imaginação permitir. É muito gostoso e versátil.

Ingredientes:
5 cebolas grandes; um molho de salsa; um molho de cebolinha; uma cabeça de alho-poró; um ramo de aipo; meia xícara de chá de folhas de hortelã; uma xícara de chá de folhas de manjerona; uma xícara de chá de folhas de manjericão; meia xícara de chá de orégano fresco; uma cabeça de alho; um pimentão vermelho e um amarelo; óleo e sal.
Modo de fazer:
Coloque aos poucos no liquidificador todos os ingredientes menos o sal. A quantidade de óleo não foi especificada pois sua finalidade é ajudar o liquidificador a bater. Fica um tempero cremoso. O sal é misturado fora do liquidificador e a quantidade fica a gosto de quem faz pois ajuda a conservar. Deve ser guardado em vidro fechado na geladeira.
Os amigos do Jonan, nosso filho, sempre que sabem que este tempero está pronto, inventam um churrasco... e levam tudinho... Ah, quem gostar de alecrim pode acrescentar...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...